Tratamento para melasma – Qual o melhor?

5/5 - (2 votes)

Qual o melhor tratamento para melasma? Sabe aquelas manchas escuras que podem aparecer no rosto, colo, pescoço e braços?

Elas caracterizam uma condição chamada de melasma que pode ser causada por exposição indevida ao sol, uso de anticoncepcionais femininos e também devido às mudanças hormonais da gravidez.

Qual o melhor tratamento para melasma

É importante mencionar que alguns homens podem sofrer com essas manchas também, embora seja mais comum nas mulheres.

Continue lendo para saber qual é o melhor tratamento para melasma!

 

Como são as manchas de melasma?

As manchas de melasma tem uma coloração acastanhada e escura, podem aparecer no rosto e também no corpo.

Essas manchas apresentam formas irregulares, mas bem definidas sendo que em grande parte dos casos são simétricas (com dois lados iguais).

É fundamental que pessoas com melasma consultem um médico dermatologista antes de fazer qualquer tratamento e procedimento estético para não correr o risco de agravar a condição.

Qual o melhor tratamento para melasma no rosto?

O melhor tratamento para o seu caso deverá ser prescrito pelo seu dermatologista, no entanto, de maneira geral as indicações compreendem aumentar a proteção solar e usar produtos de clareamento das manchas.

Há opções de procedimentos estéticos e uso de medicamentos tópicos.

Peelings, laser e aplicação de luzes são alternativas pertinentes, no entanto, a escolha do melhor procedimento cabe ao dermatologista haja vista que deve estar adequado com as condições de pele do paciente.

Além disso, geralmente é necessário um conjunto de procedimentos para chegar a um bom resultado. Os objetivos são estabilizar e impedir que o pigmento volte.

Vídeo – Tratamento para MELASMA e outras MANCHAS NA PELE

 

Qual o melhor ácido no tratamento para melasma?

O uso de cremes com ácidos em sua composição também é um tipo de tratamento bastante empregado por dermatologistas para estabilizar e clarear o melasma.

Dentre os ácidos que apresentam melhores resultados no tratamento para melasma, estão ácido retinoico, ácido glicólico e ácido azelaico.

Numa segunda leva de ativos usados para tratar melasma podemos citar: ácido kójico, arbutin, ácido tranexâmico, ácido dioico e ácido fítico.

O período para começar a ter os primeiros resultados é de cerca de dois meses, porém, a estabilização demora a ser alcançada, é um processo de meses ou até de anos.

O uso de ácidos não funciona para todos os pacientes. É essencial ressaltar a importância de passar pela avaliação de um dermatologista para encontrar o melhor ativo para cuidar da sua pele.

Peeling para melasma

No caso das manchas de melasma o mais indicado é o peeling químico, basicamente esse procedimento consiste em usar ativos químicos para promover o desgaste da pele para que ela seja renovada.

O peeling proporciona uma pele com coloração mais uniforme, com aparência mais jovem e firme.

Pode ser uma alternativa para amenizar as manchas de melasma,  mas o tipo de peeling deve ser escolhido com muito critério, pois os muito profundos podem acabar agredindo as camadas mais internas da pele e acarretar no efeito rebote, ou seja, retorno das manchas.

Converse com seu dermatologista para fazer essa escolha.

O que tira melasma?

Infelizmente as manchas de melasma não tem cura, os tratamentos ajudarão a controlar e clarear as manchas já existentes e prevenir que novas apareçam.

Dentre os procedimentos estéticos que podem auxiliar nessa tarefa

estão o uso de laser e luz intensa pulsada, eles devem realizados em clínicas estéticas de confiança com a orientação de profissionais habilitados.

Veja também: Tratamento NATURAL , CASEIRO E EFICAZ para COMBATER MELASMA

 

Quem tem melasma pode fazer Microagulhamento?

Conhecido também como Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas, o microagulhamento, é uma técnica que vem se mostrando bastante eficiente no tratamento de manchas inclusive as de melasma.

Esse procedimento deve ser realizado por um dermatologista, o profissional pode utilizar equipamentos automáticos ou rolos, tudo depende da necessidade do paciente.

Ambas as ferramentas são munidas de microagulhas que atuam perfurando as camadas da pele para que o colágeno seja estimulado.

Esse procedimento contribui para tratar uma série de problemas de pele como acne, estrias, flacidez e manchas.

As pequenas perfurações causadas pelas microagulhas contribuem para reduzir a pigmentação das manchas.

Geralmente o microagulhamento é acompanhado de outras técnicas para reduzir as manchas na pele.

Veja também: Como Clarear Manchas no Rosto com Borra de Café e Rejuvenescer a Pele?

Gostou de aprender nossas dicas sobre tratamento para melasma?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.